Uma Introdução sobre como fabricar desejos.

Entenda o significado de Hook e como ele pode ajudar sua marca criar conexões com os internautas.
5
Uma empresa que estudam hábitos dos usuários na internet, certamente possui alguns benefícios logo de início. Para citar, essas empresas "controladoras" conseguem criar associações com "gatilhos internos", que nós do estúdio costumamos chamar: Hook. É como se elas ligassem seus serviços com os hábitos e emoções dos internautas. Por exemplo, quando você subconcientemente pensa: Estou entediado, e logo o Facebook vem à mente.

Mas o que estás empresas fazem para criar essa conexão com os gatilhos internos necessários para formar hábitos? Elas fabricam desejos. E para isso, elas guiam o internauta por uma série de experiências que foram projetadas para criar hábitos. E essas experiências nós chamamos de Hook (Gancho).

O Gatilhos / Triggers

O gatilho é baseado em análises do comportamento humano, neste caso, o comportamento de internautas. Podemos dividir os gatilhos em duas categorias: externos e internos. Os internos iniciam-se por exemplo, com alerta de emails, websites e até mesmo as notificações de aplicativos. Recebendo e interagindo diariamente com esses gatilhos, os usuários começam a criar associações internas que acabam sendo ligadas às emoções e comportamentos pre-existentes. Posteriormente, quando acionam esses gatilhos, uma emoção surgue. Se esta estiver ligada a algum gatilho externo, então o hábito começa a se formar.

Ações / Action

Depois que o gatilho saiu como planejado, as empresas podem se beneficiar de duas características do comportamento humano; motivação e capacidade. Para aumentar as probabilidades do usuário atrair-se pela ação pretendida, o designer irá criar CTA's (Call to Action - Chamada para ação, como botões, links, menus, etc.), criativas e eficientes para ativar a motivação do internauta. Essa parte do planejamento baseia-se na arte e na ciência da usabilidade do usuário, para garantir que o usuário se comporte da maneira pretendida.

Recompensa / Reward

A habilidade de criar expectativa por meio de recompensas é fundamental para a eficiência dos gatilhos. Este método de recompensar o internauta pode ser uma alternativa a velha e entediante secção "Depoimentos" encontradas em diversos sites pela internet. A recompensa ativa emoções e busca entender o comportamento de um determinado, enquanto uma lista de depoimento é fria, não interage com o internauta e ainda abre espaço para dúvidas sobre sua autênticidade. Por exemplo: a resposta previsível da luz que se acende quando você abra sua geladeira, não te motiva a continuar abrindo ela repetidas vezes, de novo e mais uma vez. Mas adicione algumas variáveis - digamos que uma mágica diferente acontece a cada vez que você abre a geladeira - e boom! o gatilho foi criado. Nessa fase de recompensas é onde solicitamos aos usuários um pouquinho de investimento. Que geralmente se resume em preenchimento de formulários, likes e shares, ou até mesmo doações.

Pesquisas revelam que o nível de dopamina aumenta no cérebro no momento em que é esperado uma recompensa. E é nesta hora que introduzirmos a fatura, que geralmente vem em forma de preenchimentos de formulários, ou alguma recompensa virtual com likes, shares, pin, etc. Porém, esta etapa de investimento nada tem a ver com o usuário abrindo sua carteira e seguindo com a vida. O investimento do usuário deve ser usado como vantagem para enganjar o usuário enquanto ele é recomensado. O objetivo é garantir que o usuário irá seguir a "trilha" e passar para as próximas ações pretendidas.

Considerações

A busca por entender os mais diversos tipos de usuários, já começou. O fato de que hoje temos o maior acesso a internet através de diversos dispositivos, também deu as empresas maior acesso a nós. Como as empresas estão combinando esse maior acesso a informação com a habilidade de coletar e processar dados mais rápidos do que antes já mais foi possível. Isso nós coloca no rumo a um futuro em que as coisas serão ainda mais viciantes. Independente do tamanho da sua empresa, você precisa ao menos dar uma chance aos gatilhos.
E você, o que pensa? Você já percebeu se desejos estão sendo fabricados na sua vida?